ÁRBITRO DE VÍDEO : “NERVOSINHO” PODE CHUTAR O MONITOR

 

O presidente da Juventus, Andrea Agnelli, pediu a implementação do árbitro de vídeo na Liga dos Campeões após a marcação do pênalti que eliminou a equipe da competição.

No último lance do jogo contra o Real Madrid,  a arbitragem marcou penalidade de Benatia em Lucas Vázquez.

“Temos países com o VAR, e a Liga dos Campeões não tem. Vou pressionar por isso, a Liga dos Campeões precisa se atualizar”, afirmou . (UOL)

De todas as partes são ouvidas vozes pedindo a implantação do “árbitro de vídeo”.

Vários países já adotaram a indispensável modernidade.

O Brasil ainda não chegou neste estágio…

Lá na CBF , os dirigentes foram informados que o serviço no Brasileiro custaria 20 milhões.

A idéia da entidade era cobrar 1 milhão de casa clube da série A.

Doze clubes não concordaram,sete aceitaram e o São Paulo não votou…

O Palmeiras queria a inovação, o Corinthians não.

Em São Paulo não tem “árbitro de vídeo”.

É provavel que em 2019, pelo menos nas fases finais , a arbitragem terá esse recurso.

Acho que será ótimo para os árbitros e vai gerar mais segurança nos resultados das partidas.

Só torço para que a FPF se preocupe com a montagem e proteção da área onde ficará o equipamento.

Já imaginaram o árbitro tentando eliminar a dúvida gerada por  um lance e os jogadores gritando, opinando, xingando e respirando na nuca dele ?

As coisas estão tão confusas por aqui que não é delírio imaginar um jogador mais “nervosinho” dando um pontapé no monitor.

 

 

 

 

Comentários

comments