FBI – Mais “citados” nas investigações

José Maria Marin na sexta feira (11) , durante três horas , prosseguiu sua colaboração com a justiça americana em NY. O depoimento foi considerado importante “e cerca de quarenta pessoas foram citadas” .
Os nomes, segundo fonte da polícia dos EUA , são conhecidos do mundo do futebol.
O ex- dirigente poderá ser chamado novamente.
Marin continua esperando o julgamento do caso , o que deverá acontecer até o final do ano.
Também serão julgados todos os envolvidos que estão presos nos Estados Unidos.
Um dos objetivos dos agentes é levar milhões de dólares aos cofres da Receita americana.
Ricardo Teixeira já sabe que poderá ser julgado a revelia e complicar ainda mais a sua situação.
Advogados do ex-dirigente se aproximam novamente da justiça americana acenando com a possibilidade de uma apresentação voluntária em NY .
Se ele fizer isso e colaborar com a justiça americana poderá ter o mesmo destino de Marin: multa e prisão domiciliar.
O atual presidente da CBF,Marco Polo Del Nero , teve seu nome citado em quase todos os depoimentos colhidos em NY . Na listagem da Interpol ele já é considerado “Procurado”.
Há informações de que Del Nero poderá pedir licença da presidência da CBF após o encerramento das Eliminatórias do Mundial “para poder se defender das acusações” .
Paralelamente a tudo isso, os agentes do FBI continuam empenhados em provar que a escolha do Catar como sede do Mundial 2022 foi em função de “ uma grande compra de votos” .

Comentários

comments