Acordo entre Teixeira e EUA está próximo

O acordo entre o ex-presidente das CBF , Ricardo Teixeira e as autoridades americanas está quase fechado.
Os Estados Unidos tem grande interesse em conhecer tudo aquilo que o ex-dirigente tem para informar e querem recolher muitos milhões de dólares aos cofres do país.
O único temor dos advogados de Ricardo Teixeira é o pedido de extradição que poderia ser feito pela Espanha.
Estados Unidos e Espanha tem um acordo que permite pedir a extradição de pessoas que estão sendo investigadas .
Se os Estados Unidos garantirem que Ricardo Teixeira não será extraditado, o acordo poderá ser concluído com muita brevidade.
O trabalho dos americanos será convencer os espanhóis que pela boa relação entre os dois países, eles devem evitar o pedido de extradição, mas se comprometem a compartilhar todas as informações disponíveis.
As investigações já teriam encontrado documentos registrando contas milionárias em Lichtenstein e Andorra , entre outros países.
Teriam chegado as mãos das autoridades dos Estados Unidos uma longa relação de propriedades em Andorra e Mônaco.
No curso das investigações muitos personagens do esporte brasileiro foram identificados e continuam sendo monitorados.
Transferências de jogadores e contratos com importantes empresas já são do conhecimento dos investigadores e foram apontadas inúmeras e graves irregularidades .
Constam no processo quase duas dezenas de offshores .
E muitos desses “paraisos” foram indicados, segundo os agentes americanos, por pessoas consideradas do “segundo escalão” dos mais diversos segmentos envolvidos com o futebol.
Os próximos capítulos? A conferir.

Comentários

comments