“Avenida Brasil” terá incêndio, morte, desespero de Lucinda e flashback para explicar tragédia

A A A

 

Em sua reta final, “Avenida Brasil” terá mais uma morte, prisão de mãe Lucinda, incêndio e muitas cenas de flashback. A partir de agora, as gravações serão feitas com equipe reduzida e somente os diretores gerais da novela tiveram acesso à íntegra dos últimos cinco capítulos. Segundo informações que circulam nos bastidores do Projac, está prevista para terça-feira a cena com a morte de Nilo. Não haverá mistério para o telespectador, uma vez que todos saberão que ele será envenenado por Santiago.

Marcello Novaes está escalado para gravações dos dois últimos capítulos, que vão reconstituir a morte de Max. Também estão nessas cenas Murilo Benício, José de Abreu, Vera Holtz, Adriana Esteves, Débora Falabella, Cauã Reymond, Eliane Giardini, Marcos Caruso, Juca de Oliveira, Letícia Isnard, Emiliano D´Avila e Claudia Missura.

No capítulo desta sexta-feira, Lucinda ateará fogo na casa de Nilo, deixará o lixão num caminhão sem destino e depois assumirá o assassinato de Max para livrar Nina da prisão. Lá no Projac, a aposta é que Carminha praticou o assassinato depois de ouvir de Max que não haveria outra solução para eles do que morrer no lixão, lugar de onde surgiram. A partir de agora, é fundamental filtrar o que se fala sobre “Avenida Brasil”, afinal João Emanuel Carneiro quer garantir o fator surpresa no último capítulo.

Comente