Entendo o desabafo do Eduardo Baptista

Nilson Cesar   27 de abril de 2017

Sinceramente entendo bem o desabafo do Eduardo Baptista, técnico do Palmeiras. Quando todos duvidam de sua capacidade , vivendo sob pressão e desconfiança, e muitos descontentes, querendo que o cara perca o emprego . Isso não é fácil não. Eduardo me parece um cara sério e trabalhador. Não está ainda totalmente maduro na profissão, mas inegavelmente vem evoluindo. Vai continuar aprendendo com os seus erros. Assim é a vida de todos nós em qualquer profissão. O resultado da equipe dentro de campo que irá determinar a sua aceitação ou não. Essa é a vida de treinador de futebol aqui no Brasil e ponto. Só não gosto quando o cara quer pautar a imprensa. Cada um faz o seu trabalho do jeito que acha que deve ser feito. Por enquanto Eduardo está bem. O Palmeiras vai seguir em frente na Libertadores e pode sim brigar pelo título de campeão da América.