O vilão da Copa 2006 está de volta

Foto Reuters

roberto-carlos-e-ronaldoToda vez que o Brasil é eliminado numa Copa, o brasileiro precisa achar um culpado. Em 74, foi Zagallo. Em 78, a Argentina comprou o Peru. Em 82, Telê foi ofensivo. Em 86, Telê foi retranqueiro. Virou pé frio. Depois, calou a boca dos críticos com o bicampeonato mundial de clubes. Em 90, Dunga pagou o pato. Em 94, Parreira, Zagallo e Raí seriam os escolhidos. Ganhou nos pênaltis. Ufa. Em 98, a Nike vendeu a Copa. Em 02, Felipão foi criticado. Virou gênio. Em 06, Roberto Carlos não marcou Thierry Henry.

Bobagem.

Naquele gol da França, a bola era do Dida. Quando Henry tocou na bola, o francês estava dentro da área pequena e o goleiro foi recuando para dentro do gol. Roberto Carlos não era o responsável pela marcação na bola áerea. Não importa. Mesmo falhando, Dida não foi “o culpado”, pois não existe um único culpado.

A derrota é uma somatória de fatores. É preciso também valorizar os vencedores.

Em 74, o Brasil era pior que Alemanha e Holanda. Em 78, a Argentina jogou em casa, era forte e a organização favoreceu os anfitriões. A Argentina enfrentou o Peru sabendo do resultado do Brasil. Havia também a pressão da ditadura militar.

Em 82, o Brasil entrou de salto alto, a Itália marcou forte, bateu muito, o árbitro não marcou pênalti no Zico, Paolo Rossi estava iluminado, Zoff defendeu a bola do jogo, não soubemos jogar pelo empate. Faltou o Batista? Não dá para saber. Dentro do campo, os jogadores tinham obrigação de mudar a postura. Não é culpa só do treinador.

Em 86, Telê reforçou a marcação. Colocou Elzo e Alemão. O Brasil tomou apenas um gol na Copa. Foi eliminado nos pênaltis. Ou seja, não existe fórmula para a vitória.

Em 98 a França era melhor. Jogou em casa. Ronaldo teve piripaque. Em 2006, Ceni estava na sua melhor fase, mas Parreira confiou no Dida. Apostou em Cafu, Roberto Carlos e Ronaldo. O quadrado mágico virou quadrado trágico. E Zidane foi o melhor jogador da Copa. Só não foi eleito o melhor porque perdeu a cabeça na final.

Normal, não dá para ganhar todas.

Roberto Carlos está de volta. Muita gente vai começar a pedir sua volta na Seleção. É inevitável . A lateral esquerda está vaga. Roberto é bom de bola. Mas calma. É preciso aguardar a Libertadores, o Brasileiro….. Se estiver jogando bem, com fôlego, pode jogar na lateral. Mas calma.

Comentários

comments

  • 252 Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *