São Paulo passa apertado pelo lanterna São Bento

O São Paulo jogou mal.

Ganhou apertado, graças a um pênalti.

Ou melhor, graças ao Pitty.

O zagueirão puxou Chavez pelo ombro, suficiente para tirar o equilíbrio do atacante.

Não foi nada inteligente, seria muito melhor deixar o argentino matar a bola com a perna direita.

Apesar dos três pontos, o balanço tricolor foi mais negativo.

O time tinha obrigação de matar o jogo bem mais cedo contra o lanterna, continua finalizando mal e desperdiçando oportunidades. O problema vem desde o ano passado, continuou na Copa da Florida, continua no Paulista… Desta vez foi só Cueva. O peruano teve três oportunidades incríveis, uma mérito total do goleiro Rodrigo Viana. Outro problema que crítico é o número de gols sofridos.  Foram 11 gols em 05 jogos. Média altíssima. Uma parte porque o time se expõe, joga aberto, ataca a bola… Outra parte por falhas individuais. Os defensores, individualmente, não inspiram confiança.

O lado positivo é que o elenco está mais forte. Cícero jamais deveria ter saído, assim como outros que foram campeões da Sul Americana, último título conquistado pelo clube.  Pratto foi uma ótima contratação. Jucilei e Nem também. Com eles o time deve ficar mais forte. Cueva joga muito. Sou fã desde a estreia, jogou no Itaquerão como se estivesse no quintal de casa. O ambiente no elenco com Rogério Ceni é muito bom, existe pressão pelos resultados mas o técnico tem respaldo.

A tendência é de crescimento, apesar da vitória fraquinha no Morumbi.

Comentários

comments

  • Um Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *