São Paulo fez a lição de casa, mas ficou devendo futebol

Foto Rubens Cavallari / Folha Imagem

sp-x-once-morumbiFoi uma boa vitória, num jogo típico de Libertadores. O time colombiano jamais havia perdido para o São Paulo. Em três partidas, foram duas vitórias e um empate. O Once Caldas vai dar trabalho. Ricardo Gomes foi bem. Fez as alterações corretas. Foi chamado de burro. Isso é bom sinal. Torcedor além de não ajudar, ainda atrapalha. Jean teve personalidade para superar o ambiente hostil.

O resultado foi bom, mas o time ficou devendo.

No primeiro tempo, faltou poder de fogo. Os atacantes ficaram devendo. Marlos, Dagoberto e Fernandinho não deram trabalho ao goleiro colombiano. Dagoberto errou muito. É raro fazer gol. Marlos jogou bem, mas é enrolado. Joga com a bola entre as pernas. Foi numa jogada enrolada que a bola escapou e sobrou para Fernandinho, o mais perigoso dos três.

O gol foi um alívio. O time estava nervoso e inseguro. Vinha de duas derrotas.

O São Paulo voltou relaxado demais do vestiário. Os colombianos voltaram bem melhor e criaram três oportunidades. Aos 15′, Gomes reforçou a marcação. Tirou Fernandinho e colocou Jean. O time ainda tomou uma bola na trave, numa cobrança de escanteio, mas foi só. A alteração foi correta. O São Paulo parou de tomar sufoco.

Depois de estabilizar a defesa e equlibrar a partida, Gomes colocou Washington no lugar de Jorge Wagner. Com isso, criou as condições para matar o jogo. O time só não fez o segundo gol por culpa dos jogadores. Faltou acertar o último passe. Washington deu opção, incomodou a defesa, mas não recebeu nenhuma bola limpa. Aos 39′, Marlos teve a chance da assistência, mas enrolou. Rogério, Alex Silva, Miranda, Souto e Hernanes jogaram bem. Cansado, Hernanes saiu para a entrada do Cleber Santana.

No finalzinho, na base do desespero, o Once Caldas criou mais duas oportunidades.

O Tricolor passou sufoco. E vai ficar pior, ainda mais se o time não melhorar.

A defesa tomou 2 gols e terminou com a melhor da primeira fase, já o ataque….

Libertadores é assim mesmo.

Comentários

comments

  • 103 Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *