São Paulo colhe frutos de péssimas gestões

Há anos venho batendo nesta tecla.

O principal problema do São Paulo não é treinador ou elenco.

É gestão.

E isso está ficando cada vez mais evidente.

Vamos pegar alguns exemplos de jogadores que participaram do último título conquistado pelo clube. Casemiro está brilhando no Real Madri. Jadson ganhou título brasileiro como destaque no Corinthians. Willian José está amadurecendo e recebeu proposta do Barcelona. Rodholfo e Maicon saíram, conquistaram títulos em outros clubes e hoje jogam em equipes que estão melhores que o São Paulo.

Todos foram massacrados pela visão míope dos cornetas.

Muricy saiu e foi campeão da Libertadores. É verdade que muitas escolhas de treinadores pós Muricy não foram felizes. Mesmo assim já vi Antonio Lopes, Geninho, Andrade, Jayme de Almeida, Péricles Chamusca, Wagner Mancini e outros menos renomados sendo campeão de títulos nacionais. Portanto, o problema está no clube. Claro, o resultado no esporte não é fruto só do trabalho no campo. A Alemanha é um grande exemplo. Ou você acha todos lá nasceram com talento? Claro que não, é gestão super profissional.

Há 5 anos nenhum treinador acerta no São Paulo, os jogadores só jogam nos outros clubes.

Estranho, não?

Depois da Era vitoriosa da dupla Juvenal / Muricy o clube entrou na decadência. Naquele tempo, os mesmos que comandam hoje o clube também pediam a cabeça do treinador. Sempre criticaram Muricy, Milton Cruz, Rogério Ceni… A diferença é que Juvenal conhecia futebol, bancava o treinador e sua comissão técnica. Havia comando. Juvenal tinha personalidade. Deu respaldo aos profissionais e o clube foi tricampeonato brasileiro.

Depois Juvenal ficou obcecado pela abertura da Copa do Mundo, pela sede de poder e pela presidência do clube. Deixou o futebol de lado e acabou gerando um legado muito negativo. Miguel Aidar foi piada. Leco é sacanagem…

Portanto, ao invés de olhar só elenco e treinador é preciso olhar o que acontece numa má gestão.

Veja alguns exemplos, do início da decadência e da atualidade. Ney Franco foi campeão da sul-americana. Aí contrataram Ganso e Lúcio e pressionaram o treinador para escalá-los como titulares. O técnico perdeu o elenco. Hoje Cueva ganha 350k, Pratto 500k. O peruano pediu equiparação. Normal. O clube disse que estava sem dinheiro. Depois contratou Wellington Nem por 500k. Você acha que o peruano se sentiu como? A diretoria não é confiável. Vários profissionais foram mal tratados pelas últimas gestões.

Que empresa tem sucesso tratando mal seus funcionários ou prestadores de serviço?

Rogério Ceni não tinha experiência. Todos sabem que Leco o contratou para ganhar a eleição. Ganhou e deu um pé na bunda. Eu não teria contratado Rogério Ceni mas se tivesse contratado daria total respaldo, seria solidário e iria com ele até o fim. Eu assumiria a culpa. Na vida é preciso ter culhão. Não tenho dúvida da capacidade do Dorival mas seu momento emocional é bem complicado. Espero que seu problema familiar não atrapalhe o dia a dia. Acho difícil, estou torcendo para que seja vitorioso. Aliás sempre torço pelos profissionais. Não curto muito os cartolas.

Nos últimos 5 anos a gestão do São Paulo tem sido desastrosa.

Nada é por acaso. O jejum de títulos não é por acaso.

O clube colhe os frutos de péssimas administrações.

Elementar meu Caro Watson.

Comentários

comments

  • Um Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *