São Paulo cai na real, o ataque é muito fraco

neresO São Paulo desperdiçou trocentas oportunidades.

Faltou tranquilidade e qualidade na finalização.

E a culpa é do treinador !

Fala sério.

Hoje encontrei três são-paulinos, que não entendem muito é verdade, falando da não escalação de Bufarini. Fala sério. Isso se chama outrismo. O que é outrismo? Numa derrota sempre o melhor jogador ficou no banco. Ah, se tivesse jogado seria tudo diferente. E aí, neste exercício de futurologia, Ganso e Neymar teriam conquistado a Copa da África. Pois é, fato é que Ganso nunca chegou na Seleção e Neymar não conseguiu nem chegar na final da Copa do Mundo disputada no Brasil. Imagine na África com menos idade e menos experiência.

Wesley ou Bufarini não foi o problema.

Em tempo, gosto do Bufarini, não gosto do Wesley, mas este não foi o problema.

Wesley tem jogado bem. Ontem perdeu a bola quase na linha de fundo. Ali o cara tem que arriscar o drible. Normal. Para estar ali havia cobertura. Óbvio. A grande falha foi do Maicon. Pixotada. Denis também vacilou. Não esperava o chute direto. Vacilo. O goleiro tinha que estar ligado.

Ok, mas sem as estas falhas individuais o jogo seria 0x0.

E convenhamos, 0x0 seria mau resultado. Porque o grande problema ontem foi a falta de qualidade do ataque. Neres perdeu três ótimas oportunidades. Não dá para depender de um garoto que está começando. Kelvin não faz gol. Chavez finalizou tudo em cima do goleiro, consagrou João Ricardo. Rodrigo Caio, Pedro…

Esta foi a razão principal do resultado.

A falta de qualidade do ataque tem sido o grande problema do São Paulo. O elenco passou o final de semana treinando finalização. Difícil ensinar quem não sabe, ou não tem talento. Os resultados e a classificação deixam também o time nervoso e inseguro. O gol fica pequeno. Além desta deficiência no ataque, já repeti mil vezes, só Cueva cria. Esta é a triste realidade do São Paulo, impossível culpar outro senão a deficiência do elenco.

 

 

Comentários

comments

  • 2 Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *