São Paulo atropela Corinthians no Morumbi

golO São Paulo mereceu a vitória.

Foi um baile.

O Corinthians ficou na roda.

O Tricolor começou melhor, atacando. Aos 12′ pênalti. Olhei o lance várias vezes. Embora confuso, eu marcaria pênalti. Houve toque do Fágner. Kelvin encena, é verdade. Mas se fosse fora da área não haveria discussão. Dentro é mais grave. Virou gol. Fez diferença. Não é lance 100%. Respeito quem não viu como pênalti.

O pior da arbitragem foi a parte disciplinar. Marco Polo Del Nero já está deixando sua marca. Vai acabar com a arbitragem na CBF como fez na FPF. A escala do Claudio Francisco Lima e Silva no clássico foi sacanagem.

Depois do gol o Corinthians saiu e o São Paulo ficou com o contra ataque. Chavez teve uma boa oportunidade. Neres e Kelvin marcaram bem os laterais adversários. Só no final do primeiro tempo o Timão chegou, e chegou duas vezes com muito perigo pelo lado do Bufarini. O argentino estava nervoso, sem ritmo, virou avenida.

E pensar que tinha corneta culpando Gomes por não tê-lo escalado em Minas. Ficou provado que o argentino, voltando de contusão, não deveria ter sido escalado contra o América-MG. Ali o problema foi outro: Finalização.

No segundo tempo achei que o Corinthians daria trabalho. Nada disso. Aos 15′ David Neres marcou o segundo. Daí em diante ficou fácil. Até Chavez e Luis Araújo conseguiram fazer gol. Cueva deitou e rolou, foi o melhor em campo.

O Corinthians apelou, bateu, deu pontapé. Ninguém levou cartão. O sergipano é banana. Fico imaginando se o torcedor corintiano também culpa o treinador. Osvaldo Oliveira não é Top 5, assim como Ricardo Gomes, mas o elenco do Corinthians também é mais fraco que o treinador. Cristóvão não foi boa escolha mas também é injusto avalia-lo sem considerar a fragilidade técnica do elenco. Tite não faria milagre.

Corinthians e São Paulo estão fazendo um Brasileiro no nível dos seus elencos.

Jamais estariam no G-4, nem com Mourinho, Tite, Rinus Mitchel, Telê….

Técnico de futebol não é Mister M.

 

Comentários

comments

  • 2 Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *