Ceni leva goleada na estreia

Agora não tem Ricardo Gomes ou Denis.

Imagine Lucão então, levando 4 do Audax.

Pois é, avaliações passionais são sempre furadas.

Avaliar Lucão aos 18 anos, na posição de zagueiro que não perdoa erros, primeira temporada como profissional, ao lado de atletas inexperientes, tecnicamente fracos, foi ridículo. Sacanagem. Na zaga errou é gol. No ataque você pode errar trocentas vezes, como Luis Araújo. Não pega nada. Queria ver Lucão estreando ao lado de Cássio, Fagner, Gil, Ralf, Elias, Fábio Santos… Tudo macaco véio, rodado, campeões experientes… Vários zagueiros que passaram rapidamente pelo Corinthians acabaram na Europa. Eram todos melhores que Lucão? Óbvio que não, simplesmente jogavam em sistemas defensivos fortes.

Culpar Ricardo Gomes sem ataque ou Denis sem defesa é fazer análise rasa e sem credibilidade.

Da mesma forma, é impossível avaliar Rogério Ceni após a goleada para o Audax. Assim como seria precipitado avalia-lo após o título na Florida sem vitórias e sem gols marcados. Continuo vendo um time que cria mas não marca, como fazia com Ricardo Gomes. A principal diferença está na marcação avançada. Os atacantes estão pressionando na saída de bola. Estão “atacando a bola”. Não foi só por causa da forma de jogar do Audax, nos States também foi assim.

E isso exige muito preparo físico. Por isso, no início será normal ver o time cair muito na última meia hora.

De qualquer forma o elenco ainda está abaixo para sonhar com conquistas.

No ano passado, passei a temporada dizendo que o elenco estava mais fraco. E tinha torcedor que ficava bravo. Discordava, enaltecia alguns cabeças de bagre. Nas derrotas colocavam culpa no Denis, Ricardo Gomes, Baúza, Milton Cruz, Osório. Bobagem, quando o elenco é fraco não tem milagre. Só time pequeno consegue fazer boas campanhas com elenco fraco. Óbvio, a pressão é zero. Não tem torcida. Estamos falando de time grande onde a pressão faz toda diferença, a camisa pesa.

Em 2016 apostei que o SP não chegaria nem perto da quarta colocação do Brasileirão 2015.

Deu a lógica, chegou na décima posição oumvxii.

Agora a esperança, acredite se quiser, é Rogério Ceni. Apesar da falta de experiência acho uma aposta totalmente válida. O ambiente de trabalho está ótimo. Ceni tem identidade com o clube. Conhece o clube. E outra, a diretoria agora não vai ficar demitindo técnico para satisfazer os aspones e torcedores mais fanáticos e alucinados. Demitir Ceni é bem mais complicado. Isso ajuda, jogador insatisfeito não vai derrubar o treinador com corpo mole. Ou rema a favor ou cair fora. Espero que acabe o técnico sem respaldo da diretoria, principal problema do São Paulo nos últimos anos.

Se todos trabalharem unidos o resultado poderá ser bastante favorável.

Imagine o título paulista, depois de tantos anos?

Apesar do time ser mais fraco que Santos e Palmeiras não acho impossível.

Lembre-se que no mata-mata nem sempre ganha o melhor time.

 

Comentários

comments

  • Um Comentários

    Adicionar comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *