As Feiras de Vinhos



Todos os anos e periodicamente, pelo mundo afora ocorrem feiras de vinhos. Algumas, na verdade muitas, de produtores regionais de um dado local, por exemplo a Feira de Vinhos de Alba, que ocorre conjuntamente com a festa do Tartufo Bianco, a Feira de Bordeaux. Estas feiras regionais possibilitam que o visitante bem conheça as regiões, práticas da viticultura e que, enfim, tome contato com a cultura daquela região .

FEIRAS DE VINHOSEntretanto, para aqueles que querem uma visão mais ampla, o ideal é visitarem feiras não específicas.

No Brasil já há algumas: um exemplo é a Expovins, que tem se tornado uma tradição e que reúne expositores de todas as regiões do planeta, inclusive produtores que estão a procura de importadores para entrarem no mercado nacional.

 

Outra feira que se tornou tradicional é a feira de vinhos naturebas que a Lis Cereja e o Ramatis promovem anualmente em São Paulo na Enoteca Saint Vin Saint. O Alain Inglêz, também no caminho dos vinhos naturais, promove o Encontro de Viticultores Naturais Franco-Brasileiro.

Outra sugestão é a Feira de Espumantes da SBAV-SP, sob o comando do Gil Medeiros e do Paulo Sampaio.

Também recomendo uma visita aos encontros promovidos pelas Importadoras, a Decanter, World Wine e a mais tradicional e pioneira que é o Encontro Mistral, que reúne mais de setenta expositores. A visita a estes eventos possibilita conhecer e provar os melhores vinhos que estão no mercado em suas respectivas faixas de preço.

Comentários

comments