Reação do governo aprova urgência da reforma trabalhista

José Maria Trindade   19/04/2017   Comentários desativados em Reação do governo aprova urgência da reforma trabalhista

O governo reage e mostra maioria na Câmara. Está aprovada a urgência ao projeto de reforma trabalhista que no dia anterior foi derrotada entre os deputados. O presidente Michel Temer endureceu e telefonou aos líderes dos partidos dizendo que o momento é de definição, ou para o governo ou oposição. O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia não se omitiu e levou o mesmo assunto para votação um dia depois da derrota e admitiu que houve erros na votação anterior. O resultado foi de 287 votos pela urgência da reforma trabalhista e 144 votos contrários. A oposição ganha mais votos em plenário. Com a urgência, a votação do projeto de mudanças na legislação trabalhista será mais rápida e não haverá a possibilidade de apresentação de emendas. Apesar desta vitória na segunda votação, o governo está com a luz amarela acesa, já que para os 287 votos, apesar da maioria, não são suficientes para aprovar uma emenda constitucional, como é o caso da reforma da Previdência.

Comentários

comments