Jovem Pan Pela Vida, Contra as Drogas recebe hoje o prêmio DESTAQUE SOCIAL da ADVB

Izilda Alves   14/11/2017   Comentários desativados em Jovem Pan Pela Vida, Contra as Drogas recebe hoje o prêmio DESTAQUE SOCIAL da ADVB | Shortlink:

Hoje é Dia de Festa para todos os integrantes de Jovem Pan Pela Vida Contra as Drogas. Estamos sendo homenageados pela Associação Brasileira de Vendas do Brasil. Vamos receber o Prêmio Destaque Social da ADVB, em cerimônia no Hotel Maksoud. No comunicado à Rádio Jovem Pan, o Presidente Executivo da ADVB, Lívio Giosa , escreveu : “ A Campanha Jovem Pan Pela Vida, Contra as Drogas foi a escolhida para o Prêmio DESTAQUE SOCIAL pela importância e natureza inclusiva no sentido de abordar e informar, preventivamente, os jovens sobre os perigos do uso de drogas e suas consequências.”

Em nome da Jovem Pan e como Coordenadora por 12  anos  desta importante  Campanha  da prevenção, muito obrigada a todos que participaram desta iniciativa pioneira no País, criada em 2002 pelo presidente da Jovem Pan, Antonio Augusto Amaral de Carvalho. “Manter por 12 anos, a campanha Jovem Pan Pela Vida, Contra as Drogas foi uma das maiores satisfações que já tive em minha vida”, define “Seo” Tuta no livro “Guerra pela vida- A campanha da Jovem Pan contra as drogas” que conta toda a história desta importante ação de responsabilidade social, que trouxe benefícios sociais e humanos indiscutíveis. Registrar em livro é manter o trabalho da Jovem Pan em prol do bem social, do bem humano.”

Jovem Pan Pela Vida, Contra as Drogas atendeu pedidos de 700 escolas públicas e particulares em 39 cidades de São Paulo. Em seus 12 anos, conquistou 26 prêmios e o reconhecimento de todas as câmaras municipais de São Paulo. Foi premiada pela ADVB, pela OAB/SP, pela CNBB, pelo Ministério da Justiça, por Lojas Maçônicas, universidades e Rotarys. Campanha de prevenção que contou com o apoio da maior instituição de atendimento gratuito a dependentes e suas famílias no Brasil, a Federação do Amor Exigente, que atende , por ano, um milhão e 200 mil dependentes e suas famílias no País.

Campanha de prevenção que enfrentou guerra na Justiça de 2009 a 2011. Defensor da marcha da maconha entrou com ação contra a Campanha, apesar do movimento em 2009 ser proibido em São Paulo. Ação surreal com recursos no Tribunal de Justiça de São Paulo, no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal. Mas o nosso inimigo perdeu porque o nosso advogado, criminalista Mário Oliveira Filho, um dos mais conceituados no Brasil, venceu. Privilégio ter o doutor Mário Oliveira Filho como nosso advogado e Consultor Jurídico.

A campanha foi apresentada para um público de cerca de meio milhão de pessoas de 10 a 70 anos, entre pais, alunos e professores. De segunda a sexta-feira, atendíamos pedidos de escolas públicas e particulares. Para a apresentação, levávamos um dependente de drogas em recuperação para contar sua história, um especialista no tratamento para explicar a doença e, no último ano da campanha, mães de dependentes para descreverem as devastadoras consequências nas famílias.

Participaram como voluntários o psiquiatra Pablo Roig,diretor da Clínica Greenwood, a psiquiatra Lucinda do Rosário Trigo, as psicóloga Maria Diamantina Castanheira dos Santos,diretora da Clínica Reviva, Maria Lúcia Camóes da Costa, Ana Lúcia Mazzei Massoni, Ana Laura Parlato, Ela Lúcia Lopes, o psicoterapeuta Paulo Campos Dias, os psicólogos Mateus Fiuza, Diego Bragante, André Arouca, Ivanildo José e Alexandre Araujo e cirurgiã-dentista Sandra Crivello. As clínicas, o Amor Exigente e profissionais nos indicavam dependentes em recuperação para depoimentos.

Agradecimento especial a Miguel Tortorelli, Vice- Presidente da Federação do Amor Exigente, a Regina Tortorelli , Coordenadora do Grupo Esperança do Amor Exigente, ao Presidente da Casa Dia São Paulo, Ivanildo Jose, ao Presidente da ONG Faces e Vozes Recuperação, Alexandre Araujo, que nos indicaram dependentes em recuperação e mães para depoimentos de segunda a sexta-feira nas escolas públicas e particulares de São Paulo.

Campanha que sempre defendeu: informação é arma poderosa contra as drogas. “ A campanha foi a mais exitosa que eu conheço, partindo de uma emissora que tem enorme penetração e índice de confiabilidade muito elevado”, define o Secretário de Educação do Estado de São Paulo, doutor José Renato Nalini. “Ainda hoje, quando conversamos com jovens que eram frequentadores da rede pública e também da rede particular naqueles anos eles se recordam da linguagem direta, do alerta que serviu para que muitos se afastassem da droga, para que convencessem os líderes a persuadirem os seu colegas da mesma faixa etária ara que não enveredassem nesse caminho tão perigoso.”

  

Comentários

comments