1 milhão e 200 mil dependentes de drogas e suas famílias protestam contra o “Profissão Repórter” que enalteceu o uso da maconha

Izilda Alves   06/07/2017   Comentários desativados em 1 milhão e 200 mil dependentes de drogas e suas famílias protestam contra o “Profissão Repórter” que enalteceu o uso da maconha | Shortlink:

Miguel Tortorelli- Vice- Presidente da Federação do Amor Exigente e Izilda Alves- Consultora da Federação do Amor Exigente, autora do livro “Guerra pela vida- A campanha da  Jovem Pan contra as drogas”(Foto:Carlos Torres)

Um milhão e  200 mil dependentes  de  drogas e suas  famílias em recuperação em todo o País nos grupos da  Federação do Amor Exigente  protestam contra  a propaganda do uso de  maconha apresentada ontem no programa “Profissão Repórter “  da  TV Globo. Programa que misturou uso medicinal com uso recreativo, chegando a defender que guerra às  drogas é muito pior do que vidas  destruídas pela maconha. Pior para  quem. Profissão Repórter? O programa não questionou e ignorou as vítimas  dessa droga, dependentes e suas  famílias. O que pesquisas dos psiquiatras, não considerados importantes  pelo programa, Ronaldo Laranjeira, da UNIFESP, Valentim Gentil Filho, da USP, e Sérgio de Paula Ramos revelam sobre a maconha, testemunhamos nos grupos de  atendimento em todo o País:

-pelo uso de maconha, crianças  e adolescentes já  deixando de  estudar por  diminuição da memória,além de  distorção afetiva, alteração da coordenação motora e da percepção de tempo  e sonolência

-pelo uso de maconha, adolescentes em depressão    

-adolescentes em surtos e até já desenvolvendo esquizofrenia pelo uso de maconha

-adolescentes, que após o experimento de maconha, já estão cheirando cocaína e  fumando uma mistura de maconha com crack, chamada mesclado

-crianças e adolescentes  sem vagas para  tratamento eficaz na rede  pública  de saúde e que citam programas como o apresentado ontem pelo Profissão Repórter para enfrentar pais que imploram pelo tratamento do filho.

Lamentamos, profundamente, TV Globo! Famílias que dão audiência à TV Globo foram ignoradas  com a apresentação deste programa que enalteceu e fez apologia da maconha para todo o Brasil.   Mais uma vez, a desinformação ficou a serviço dos que querem a legalização dessa droga no Brasil. Não podemos acreditar  ter sido este o objetivo do programa na emissora de maior audiência no País.

 

 

 

 

Comentários

comments