Ecstasy é droga que prejudica cérebro, coração e rins

Jovem da classe media de São Paulo e que foi dependente de ecstasy descreve os efeitos dessa droga que prejudica o cérebro, o coração e os rins. Ecstasy é proibido no Brasil .O depoimento foi feito durante apresentação de Jovem Pan Pela Vida, Contra as Drogas, campanha com apoio da Lincx Sistemas de Saúde:

“Um colega me convidou. Eu, no embalo, já tinha bebido, aceitei. Depois, passei a comprar e tomar ecstasy na balada.Eu comprava nas casas de música eletrônica. PERGUNTAVA PRA UMAS DUAS OU TRÊS PESSOAS E CONSEGUIA COMPRAR ECSTASY LÁ DENTRO MESMO.”

O jovem descreve os efeitos do ecstasy:

-O ECSTASY DÁ UMA SEDE QUE, NA VERDADE, PARECE QUE VOCÊ ESTÁ SECANDO, parece que você está desidratando, saindo toda a água do seu corpo. ERA UMA GARRAFA DE ÁGUA A CADA 15 MINUTOS, DURANTE UMA DEZ HORAS, mais ou menos. MAS TINHA DIFICULDADE PARA ELIMINAR ESSA ÁGUA. Urinar era tão difícil que só conseguia, no dia seguinte. Isso dá uma sensação estranha. No final da noite, eu chegava em casa com medo de tudo, ficava olhando pela fresta pensando que tinha gente me olhando. Sozinho, em casa, não ficava.Meu estômago parecia que fechava. Dá uma dor, assim, não sei. Ficava, às vezes, dois três dias sem comer, com vontade de vomitar, com dor na barriga, parecia que queimava tudo. A gente fica com medo de tudo. O ecstasy tirou todo o meu sentimento. Mas depois que você experimenta a primeira vez, você passa a sentir necessidade de tomar de novo. E volta a sentir formigamento, você fica latejando. O ECSTASYDÁ UMA SENSAÇÃO ESTRANHA. TIRA TODO O SENTIMENTO.Às vezes, via gente do meu lado  virando os olhos, caindo no chão, ambulância pegando, já vi gente até que morreu na festa pelo consumo excessivo de drogas. No caso dessas festas, o pessoal usa mais ecstasy e LSD. A pessoa tentava respirar e não conseguia e no final acabava ficando roxa, tinha que vir ambulância. Vi muita gente caída no chão, devido ao uso de ecstasy. Em média esse pessoal tinha entre 17 e 25 anos. Têm festas, as raves, onde têm ambulância. Nas casas noturnas, o pessoal encosta o cara num canto até a ambulância chegar.”

Segundo a Polícia Militar vem sendo registrados casos de estupros causados pelo uso de ecstasy. O rapaz que foi dependente da droga relata:

“EXISTEM CASOS DE ESTUPRO, SIM, CAUSADOS PELO ECSTASY. AS MENINAS QUE TOMAM O ECSTASY NÃO SABEM O QUE ELAS FAZEM. Perdem a noção de tudo. O ecstasy é horrível. Pelo que eu passei, eu não queria que ninguém passasse nada igual.”

RISCOS DO ECSTASY

O psiquiatra Pablo Roig , diretor da Clínica Greenwood , autor do livro Drogas:Mitos e Verdades e integrante da Campanha da Jovem Pan descreve os riscos desta droga:

“ECSTASY tem vários riscos.É feito por químicos clandestinos em laboratórios clandestinos.Destrói células nervosas,causa alucinação , ansiedade, pânico,depressão , desidratação,aumenta a pressão arterial destrói os músculos, causa retenção de líquido, podendo levar à insuficiência renal Causa arritmias cardíacas,podendo levar a enfarte fulminante.”

A psicóloga Ana Lúcia Mazzei adverte:

“Um comprimido de ecstasy já é excessivo porque causa no corpo uma elevação de temperatura de até 42 graus. O ecstasy dá muita sede , bebe-se muito líquido.Mas ele pára o funcionamento dos rins, impedindo a eliminação desse líquido . Então, a pessoa tem falha renal, tontura, visão nebulosa, calafrios, pode desmaiar e ter uma sobrecarga dos órgãos e prejudicado o funcionamento do coração.O ecstasy causa dependência rápida, causando ansiedade , paranóia, convulsões e depressões severas.”

Os especialistas Pablo Roig e Ana Lucia Mazzei fazem um alerta aos pais:
“Ecstasy é proibido.Fique atento aos lugares frequentados pelo seu filho. Converse, tire suas dúvidas. Fale claramente sobre esta pílula que pode ser mortal.”

Comentários

comments

Deixe uma resposta