“Conheci crack aos 14 anos com o meu namorado;depois, virei prostituta na cracolândia de SP “

Foi  com o namorado que a  menina de 14  anos  conheceu o crack . Sua  primeira  droga  antes  de se prostituir na cracolândia mantida pela Prefeitura na região da Estação da Luz,  centro  de  São Paulo.

-Eu tinha conhecido  meu namorado  no funk. Depois de um mês, eu tinha visto ele  com um cachimbo na mão e perguntei pra ele pra  era aquilo . Ele disse que era  um negócio  que eu ia gostar. Por  curiosidade, acabei usando e me viciando.

O rapaz  de 20 anos não queria saber  de romance. Desvirginou  a garota, sem se preocupar  se  tinha sido ou não um estupro. Fumou crack na  frente  dela, ofereceu e ela aceitou.   Nascia ali  uma história  de prostituição e tráfico nas ruas  de  São Paulo. Ela abandonou a  família  ficou  pelas  ruas  para usar o crack    e acabou indo para a maior  cracolândia  do centro  de  São Paulo, a maior   do país.

-Cracolândia é um inferno, define a garota. Ali só tem demônio. Tem todo tipo de gente, tem gente rica, tem  até  criança  de 10 anos  fumando crack.  A relação com o traficante é muito triste, é difícil falar  porque eu já passei por isso. Vi várias  pessoas  que saem  das escolas  lá perto  e vão direto pra   cracolândia  comprar  a  pedra  e  fumar naqueles hoteizinhos, alunos  de  13, 14 anos, pagando o hotel  da cracolândia  com o dinheiro que a mãe  dá pra comer na cantina . Dinheiro que eles usam pra compra droga e ir usa  no hotelzinho. Eu pra sustentar meu vicio  me prostituía. Usava roupa que eu ganhava, tomava banho  com o sabonete e o shampoo que eu ganhava  de gente  que ia lá  na  cracolândia.Culpa? Não tinha nenhuma. A droga me tirava  a culpa. Eu sempre estava anestesiada não pensava em família, não pensava em voltar pra casa,vivia anestesiada.

À avó e à tia sobraram  sofrimento e dívidas para pagarem as duas internações involuntárias  da  garota. Conheci esta história na reunião do Amor Exigente, coordenada por Miguel e Regina Tortorelli na zona Norte  da Capital. A tia  foi também internada por depressão , logo após internar a  sobrinha. A avó  busca  nas  reuniões do Amor Exigente  forças  para acreditar  na  recuperação da neta. É sofrimento sem fim ter  de controlar,vigiar, aconselhar diariamente e  evitar  que  a única neta  caia novamente nas drogas.  Após duas internações,  a moça ainda não estuda nem trabalha.  Aos 25 anos se  declarava  ainda está frágil e precisando  de muita ajuda para resistir  aos convites  para voltar às drogas nas ruas  do bairro onde mora   na zona Norte  de São Paulo.  Com cracolândias  em cada bairro  e usuários em cada  esquina da cidade  fica  cada vez mais difícil manter  a  recuperação  desta que é  a pior  doença pela falta  de  tratamento eficaz  ao dependente e amparo às suas famílias  na rede pública  de São Paulo.

 

roseli

Adolescentes  se prostituem por  drogas em SP, alerta psicóloga Roseli Marques 

“Esta história, a da menina de 14 anos se prostituindo na cracolândia,infelizmente se repete cada vez mais no cotidiano de quem faz do tratamento ao Dependente Químico sua bandeira de guerra!”, alerta a psicóloga Roseli Torres Marques,que durante dez anos foi a chefe da Psicologia no Hospital Lacan,em São Bernardo do Campo e único da rede pública de São Paulo para internação de dependentes de drogas .

Conta a psicóloga Roseli Torres Marques: ” Na minha experiência nos últimos 10 anos atuando na área , adolescentes cada vez mais jovens experimentam drogas psicoativas e acabam se prostituindo para manutenção do uso! Quando atuamos com mulheres na idade adulta, observamos muitas a internação como uma forma não apenas de tratamento, mas necessária para que possam criar e manter a guarda de seus filhos. Observa-se ainda, o aumento do número de adolescentes dependentes químicas gestantes, necessitando de tratamento e acompanhamento da gestação!!! Enfim, diante desta realidade se faz necessária repensar nas políticas públicas para o combate às drogas, assim como a melhoria na oferta de serviços de saúde para o atendimento desta demanda crescente!!!”

 

 

 

 

 

Comentários

comments

Deixe uma resposta