Cracolândia: até quando, Prefeito?

Izilda Alves   02/10/2017   Comentários desativados em Cracolândia: até quando, Prefeito? | Shortlink:

Por mais que a Prefeitura lave, não consegue combater a maior ferida da nossa São Paulo: a cracolândia. Na maior da cidade, em frente à Praça Júlio Prestes e à Sala São Paulo, no centro da capital, o cheiro dá náusea. Dói, Prefeito, ver aquelas pessoas sujas, jogadas nas calçadas, sozinhas, escravas de traficantes em plena rua central de São Paulo.

Cenas da miséria causada pelas drogas nesse território livre para uso e venda . Homens, mulheres, jovens abandonados . Doentes, muito doentes ao lado de um centro médico da Prefeitura MAS que apenas trata dependente que autorize médico decidir pelo seu futuro. Inacreditável! Mas realidade na São Paulo referência no tratamento de dependentes de drogas no País, mas que ainda mantém na rede pública municipal a ordem de SÓ atender quem permitir, ignorando a característica da dependência de drogas: eliminar a capacidade de escolha e tornar a pessoa refém da droga.

Até quando, Prefeito?

Foto:Carlos Torres, publicada no livro “Guerra pela vida- A  campanha da  Jovem Pan contra as drogas”

Comentários

comments